O que é tradução juramentada? Para que Serve a Tradução Juramentada?

Poucas pessoas possuem tal sabedoria, mas os nossos documentos precisam passar por um processo de tradução juramentada para ter validade no exterior. O mesmo vale para um documento estrangeiro ter validade aqui no Brasil. Esses documentos podem ser qualquer um: RG (Registro Geral), CPF (Cadastro de Pessoa Física), CNH (Carteira Nacional de Habilitação), Certidão de Nascimento, Certidão de Óbito, histórico escolar, diploma de faculdade, entre vários outros. 

Mas, o que é uma tradução juramentada?

Nada mais é do que o processo de traduzir um documento estrangeiro para o mesmo ter validade no Brasil ou o contrário, quando um documento nacional precisa de tradução para ter validade no exterior.

Para que serve tradução juramentada?

Você descobriu o que é, mas afinal, para que serve a tradução juramentada? Vamos supor que você e sua família estão com vontade de viajar para a Europa e resolvem escolher a cidade de Paris, na França, como destino. Ao fechar o pacote, a agência lhe informa que você recebeu o direito de um carro para dirigir e passear à vontade pela cidade. Mas para você ter a permissão de dirigir este carro, é necessário realizar uma tradução juramentada da sua carteira de motorista. Ou seja, você terá que traduzir o seu documento e levar tanto a sua CNH original quanto a tradução dela. Outro exemplo que podemos citar e que é muito mais comum é o de histórico escolar ou diploma de um curso feito no exterior. O Brasil é considerado um dos países que tem o maior número de intercambistas no mundo. De acordo com a Pesquisa Selo Belta de 2017, que é divulgada pela Associação Brasileira de Agências de Intercâmbio (Belta), cerca de 302 mil estudantes foram estudar no exterior, tendo o Canadá como o destino preferido dos brasileiros. Supondo que seu filho realizou o terceiro ano do Ensino Médio na cidade de Toronto, no Canadá, tanto o diploma dele, quanto o histórico escolar que eles receberam na escola canadense só terão validade aqui no Brasil se eles passarem pelo processo de tradução juramentada. Portanto, caso você tenha vontade de realizar uma faculdade no Brasil e a instituição solicitar o seu diploma, você terá que entregar tanto o documento original quanto o documento traduzido.

Tipos de tradução juramentada

Existem dois tipos de tradução juramentada, ou seja, ela é segmentada e dividida em duas classificações: a tradução comum e a tradução especial. A diferença entre elas está na questão da terminologia técnica, ou seja, na presença ou não de termos específicos de uma determinada área. A tradução comum é aquela que não apresenta nenhum termo específico de uma determinada área, como por exemplo a CNH, a carteira de identidade, o CPF, certidão de casamento, certidão de nascimento, certidão de óbito entre outros documentos que não apresentam nenhum termo específico. São documentos considerados simples. Já a tradução especial é aquela que apresenta alguma terminologia técnica, como por exemplo documentos escolares (Diplomas de Ensino Fundamental ou Ensino Médio, Históricos Escolares, Certificados, Boletins, Atestados, entre diversos outros); documentos jurídicos (Sentenças, Certidões de Objeto e Pé, Divórcios, Mandados, Certidões de Casamento, Certidões de Óbito, entre outros); e documentos científicos (Relatórios, Pesquisas, Exames, Bulas de Remédio, entre outros). É recomendado que o tradutor domine muito bem a área e o tipo de documento que ele vai traduzir para que a tradução seja a mais fiel possível ao original e, dessa forma, não enfrente problemas futuros, como por exemplo a não aceitação do documento.

A lei no Brasil

A lei no Brasil não permite nem mesmo que um livro estrangeiro seja aceito no país sem a apresentação de sua tradução. Todos os livros que lemos passam por um processo de tradução juramentada para serem vendidos nas mais diversas livrarias do país. A exigência da tradução decorre do Decreto Federal nº 13.609 de 21 de outubro de 1943. Veja abaixo: “Nenhum livro, documento ou papel de qualquer natureza que for exarado em idioma estrangeiro, produzirá efeito em repartições da União dos Estados e dos municípios, em qualquer instância, Juízo ou Tribunal ou entidades mantidas, fiscalizadas ou orientadas pelos poderes públicos, sem ser acompanhado da respectiva tradução feita na conformidade deste regulamento.” A tradução juramentada tem fé pública, ou seja, ela reflete oficialmente em português o conteúdo do original na língua estrangeira. Lembrando que em nenhum momento o documento traduzido substitui o original. Ele apenas dá o que chamamos de existência legal.

Características da tradução

A tradução juramentada possui um formato considerado próprio, ou seja, ela tem um formato padrão. Veja abaixo as características da tradução juramentada. Em seu primeiro parágrafo, ela contém a identificação do tradutor juramentado, podendo também conter a identificação do documento a ser traduzido e do solicitante da tradução, seguindo então a tradução propriamente dita. Uma particularidade da tradução juramentada e talvez uma das principais características, é que ela deve descrever fielmente o documento original, inclusive os carimbos, os brasões, os selos, os escudos, as assinaturas e outras marcas não textuais do documento. A assinatura de um diploma, por exemplo, não pode ser traduzida, mas ela deve ser mencionada para indicar na tradução juramentada que o original foi assinado. Por fim, já no seu último parágrafo, a tradução juramentada é encerrada com uma declaração que nada mais consta do documento e que a tradução é fiel ao original. Por lei, o valor da tradução juramentada deve ser informado somente no final da tradução. Os ganhos para realização do serviço de tradução juramentada são calculados de acordo com diversos fatores, dentre eles estão o tipo de texto, o prazo de execução, quantidade de laudas e o idioma a ser traduzido, algo que é explicado mais abaixo.

Quem pode fazer uma tradução juramentada?

Não basta apenas saber falar um idioma ou ser um especialista em uma determinada área que pode traduzir documentos. Quem pode fazer tradução juramentada são pessoas que passaram por um concurso público organizado pela Junta Comercial do estado em que reside. Portanto, não pense que você pedir para qualquer pessoa. O tradutor juramentado é considerado uma profissão e são feitas provas escritas e oral para conseguir o direito de ser um tradutor. Depois da aprovação, essa pessoa recebe um número de registro e uma matrícula que permitem que ele trabalhe como tradutor naquele estado. Portanto, a pessoa só pode exercer a função no estado em que a matrícula for emitida.

Como eu posso fazer a tradução do meu documento?

Realizar a tradução de um documento pode aparentar ser algo muito difícil ou até mesmo algo de outro planeta. Ao descobrir a necessidade de realizar a tradução, a pessoa precisa estar entrando em contato com um tradutor. Um meio muito comum é o de entrar em contato com a Junta Comercial do estado em que você reside. Todos os tradutores são registrados nela.  As Associações de Tradutores Públicos de 8 estados brasileiros (Ceará, Goiás, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo) mantêm sites que disponibilizam os dados dos tradutores associados. Porém, para facilitar todo o processo e evitar burocracia, existem empresas especializadas que realizam todo o processo de tradução. É o que chamamos de intermédio, ou seja, você aciona uma empresa, como a ST Traduções, e eles fazem todo o processo de busca para você. Sem sair de casa, você consegue receber a tradução de seu documento em poucos dias. Basta apenas enviar o documento por via online e você o recebe na sua própria casa.

Questão de prazos e valores

Fazer uma tradução juramentada não custa nem um valor absurdo como muita gente acredita. A busca por esse serviço é maior do que imaginamos, portanto é importante ficar atento na questão de prazos e valores.  Os valores das traduções juramentadas são  tabeladas, ou seja, você não precisa buscar um tradutor que tenha um melhor preço, porque todos eles vão cobrar a mesma coisa. O documento é cobrado pelo número de laudas geradas e não somente pelo documento. É importante ressaltar que alguns idiomas possuem mais texto do que outros. Por exemplo, a maioria das palavras alemãs possuem mais caracteres do que palavras em inglês, portanto, o valor para traduzir um documento para o alemão sai mais caro do que traduzir para o inglês. Em relação a prazos, tudo depende da sua urgência. O mercado trabalha com 3 formas de prazo: o comum, o de urgência e o de extrema urgência. O prazo comum é aquele que o tradutor utiliza para entregar o documento, contando apenas dias úteis. O prazo de urgência é aquele o tradutor já necessita de um tempo extra para fazer o trabalho. Nesse caso, ele trabalha em dias úteis, mas em horários considerados fora do comercial, como por exemplo de noite. Por fim, o prazo de extrema urgência é aquele que o cliente precisa o mais rápido possível e o tradutor necessita de feriados, finais de semana e madrugadas para entregar o serviço que lhe foi solicitado. Este seria o limite em que um tradutor juramentado é capaz de trabalhar para cumprir o prazo de um cliente.

Sobre a ST Traduções

A Sworn Translation é uma empresa de tradução juramentada localizada na região do grande ABC, grande São Paulo. Com tradutores no mercado a mais de 30 anos de experiência, a empresa é considerada revolucionária porque vem inovando na forma de cotar, contratar, pagar e receber serviços de tradução. Localizada nas proximidades do Park Shopping São Caetano, na cidade de São Caetano do Sul, a ST Traduções é empresa de tradução mais bem avaliada do Google. Ao todo, já são mais de 200 avaliações 5 estrelas. Seu horário de atendimento ocorre das 9h às 18h no escritório presencial e funciona também 24h no atendimento online. Entre em contato agora mesmo para fazer um orçamento de forma gratuita e imediata!    

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *